Sacarose – O que é, Fontes e Efeitos!

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

Sacarose – O que é, Fontes e Efeitos!
4.8 (95.56%) 9 vote[s]

Sacarose, entenda o que é, Fontes e Efeitos que ela pode trazer para saúde. Além disso, a Sacarose é encontrada naturalmente em muitas frutas e vegetais. Também pode ser extraído de cana-de-açúcar e beterraba açucarada, refinado e vendido como açúcar granulado branco, que você pode usar na culinária. Este composto sólido tem algumas funções no corpo, mas também tem alguns efeitos colaterais da Sacarose.

A Sacarose é facilmente reconhecível como açúcar de mesa. Tal como acontece com a maioria das outras formas de açúcar, você deve consumir este composto sólido com moderação, se for o caso.Sacarose – O que é, Fontes e Efeitos!O açúcar de mesa é um elemento significativo na produção de sobremesas e confeitaria. Em comparação com outros tipos de açúcar, este composto sólido é definitivamente doce e isso é por causa do componente de frutose. Muitos cozinheiros ou chefes de cozinha usam este produto químico natural como adoçante natural.

O Que é Sacarose?

A Sacarose é um composto sólido cristalino doce conhecido como açúcar de mesa. A fonte mais comum desse produto químico natural é a cana-de-açúcar. No entanto, você também pode obtê-lo de outras fontes, como beterraba e frutas. A glicose e a frutose são os dois compostos que formam a Sacarose.

Este composto sólido é um tipo de açúcar que está presente em quase tudo que comemos. É um composto natural e que nos dá energia valiosa, mas pode ser prejudicial quando consumido demais. Outros nomes mais comuns para a Sacarose são açúcar de mesa, açúcar de beterraba, açúcar refinado, açúcar de cana ou simplesmente açúcar puro.

Portanto, a Sacarose é um produto químico natural encontrado nas plantas, embora também possa ser sintetizado em um laboratório. É muito mais fácil e mais barato extrai-lo das plantas do que fazê-lo a partir do zero. A cana-de-açúcar e as beterrabas são as duas plantas que são usadas para produzir mais Sacarose ou açúcar de mesa refinado. A água quente é utilizada para extrair Sacarose. O extrato pode então ser concentrado em calda e depois cristalizado para fazer açúcar de mesa.

Veja Também: Suco Detox de Goiaba e Linhaça Para Preservar a Memória

Principais Fontes de Alimentos Ricos em Sacarose:

  • Manga;
  • Melão;
  • Damasco;
  • Laranja;
  • Nectarina;
  • Pêssego;
  • Abacaxi;
  • Milho;
  • Ervilha;
  • Batata doce;
  • Couve;
  • Tomate;
  • Cenoura;
  • Bolachas;
  • Bolos;
  • Chocolate preto;
  • Pudins;
  • Sorvete;
  • Creme de baunilha.

Este composto sólido é um dos açúcares mais doces. É aconselhável que as pessoas consomem este carboidratos complexos mais frequentemente, mas em quantidades moderadas. Você nunca deve exagerar seu consumo do açúcar de mesa, como em embalagens, doces e refrigerantes.

Veja Também: Os 2 Remédios Caseiros Para Tratar Dor de Cabeça

Sacarose – O que é, Fontes e Efeitos!

Efeitos Colaterais da Sacarose:

Os efeitos colaterais da Sacarose são prejudicais a saúde ​​quando é consumido em excesso. Comer alimentos que contêm esse composto sólido em excesso pode levar ao aparecimento de diversos problemas para saúde de forma geral como cáries, obesidade, triglicéridos elevados, pressão sanguínea alta, hipoglicemia, infecções por fungos, a doença inflamatória do intestino e o endurecimento das artérias. O consumo desse composto sólido em quantidades excessivas pode causar ao corpo problemas como o armazenamento desse composto sólido, sob a forma de gordura no interior do órgãos do corpo e do sangue. Portanto, ao consumir este açúcar diariamente em excesso pode causar problemas a saúde como:

  • Bloqueio do Esôfago;
  • Broncoespasmo;
  • Urticária;
  • Inflamação da pele causada por uma alergia;
  • Inflamação do Nariz;
  • Coceira pelo corpo todo;
  • Reação alérgica ameaçadora da vida;
  • Olhos vermelhos;
  • Erupção cutânea;
  • Bloqueio do estômago ou do intestino;
  • Bloqueio de fezes do Intestino;
  • Inchaço do rosto, braços, mãos, pernas ou pés;
  • Dor de cabeça;
  • Nervosismo;
  • Cansaço ou fraqueza incomum;
  • Batimentos cardíacos lentos ou rápidos.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalve

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Maranhão(UFMA), CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal do Maranhão(UFMA), Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *