Dicas de Saúde Byanca Stefany

2 principais caldos para lidar com a gripe!

Principais caldos para lidar com a gripe são uma forma natural para gripe, pois, durante as estações mais frias do ano que são inverno e outono, nada melhor do que tomar um caldo quente para esquentar o corpo e o espírito. Ainda mais se você estiver sofrendo de gripes e resfriados, tão comuns nesta época do ano.

Todos os caldos caseiros para lidar com a gripe, sejam eles vegetais ou de proteínas, são muito nutritivos e eficazes. Dependendo claro, dos seus ingredientes. Na memória das pessoas está gravada a foto da sua avó ou até da sua mãe oferecendo aquela tradicional sopa bem quente para curar qualquer tipo de indisposição.

caldos para lidar com a gripe

caldos para lidar com a gripe

Para que seus benefícios potenciais sejam realmente eficazes. É necessário evitar adicionar sal demais ao seu caldo. Logo após, veremos as duas receitas de caldo para lidar com a gripe mais comuns. O caldo de frango e também o de verduras.

As virtudes de um bom caldo para lidar com a gripe:

Quer as pessoas estejam doentes ou apenas suspeitem de uma gripe ou resfriado, o caldo quente para lidar com a gripe traz diversos benefícios para o corpo. Existem variadas razões para tudo isso:

  • Os fluidos do seu corpo são reabastecidos;
  • O seu consumo é muito fácil no caso de inapetência;
  • É muito nutritivo e também saboroso;
  • É um prato com ingredientes naturais;
  • Também da um reforço para curar os estados da gripe rápido;
  • Trás conforto, e proporciona aquela sensação de bem estar.

Principais caldos para lidar com a gripe:

1. Caldo com frango e arroz:

caldos para gripe-1

Entre os caldos quentes para lidar com a gripe mais tradicionais oferecidos, o caldo de frango é mais encontrado. Nessa receita, é adicionado o arroz, para dar um pouco mais de consistência ao caldo. Essa receita foi preparada para render umas seis porções:

Ingredientes:

  • 12 xícaras de água (3 litros);
  • 2 pedaços de frango com osso (500 g);
  • 2 batatas;
  • 1 xícara de arroz branco cozido (150 g);
  • 2 dentes de alho;
  • 1 cebola;
  • Um pimentão verde;
  • 1 alho-porro;
  • Cebolinha ou salsa;
  • 1 colher de sopa de coentro picado 815 g);
  • Sal a gosto).

Modo de Preparo:

  • Em uma panela grande, ferva todas as porções de frango por uns 10 minutos;
  • Tire a casca e corte a batata em cubo de dois centímetros;
  • Adicione a água cozinhe junto por mais uns cinco minutos;
  • Pique as cebolas, a pimenta e toda parte branca do alho poró;
  • Esmague o dente de alho um pouco, e adicione ao caldo e cozinhe por mais cinco minutos;
  • Tire os pedaços da proteína da água, desfie o frango e jogue fora os ossos;
  • Adicione o frango desfiado, arroz, coentro e o sal ao caldo;
  • Ferva por mais cinco minutos e sirva.

2. Caldo com legumes:

caldos para lidar com a gripe

Se você não gosta ou não quer colocar proteína no seu caldo para lidar com a gripe, esta opção de sopa vegetal é igualmente necessária e eficaz para lidar com a gripe. O prato é delicioso e consegue render também para umas seis pessoas:

Ingredientes:

  • 16 xícaras de água (4 litros);
  • 2 cebolas picadas;
  • 1 palha de aipo picado;
  • 2 cenouras sem casca e cortada em cubo;
  • 1 brócolis cortado em pedaços pequenos;
  • 3 dentes de alho espremidos;
  • 1 colher de salsa picada (15 g);
  • 1 colher de sopa de coentro picado (15 g);
  • 3 colheres de sopa de azeite (45 ml);
  • 1 folha de louro;
  • Sal a gosto).

Modo de Preparo:

  • Coloque uma lasca do azeite em uma panela e frite a cebola, o aipo, a cenoura, o alho e louro;
  • Adicione os brócolis, mexa e adicione a água;
  • Ferva todo esse caldo por volta de meia hora;
  • Adicione toas as ervas o coentro e salsa, sal e logo após apague o fogo;
  • Tire a folha de louro;
  • Se quiser o caldo sem pedaços vegetais e um pouco mais grosso, há opção de esmagar o líquido com a cebola, aipo e a cenoura;
  • Deixe descansar um pouco por um tempo antes de servir.

Sobre o autor | Website

Sou graduada em Ciências Farmaceuticas pela Universidade Federal do Piaui (UFPI), com pós graduação em Fármaco e Medicamentos pela Universidade de São Paulo (USP) mestrado também pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Tecnologia Bioquímica Farmacêutica e Doutoranda pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Farmácia Fisiopatologista e Toxicologia. Atualmente Trabalho na área de Análise Clinicas, e tambèm atuo no Instituto de Pesquisa de Ciência, tecnologia e Qualidade (ICTQ) e exerço a função de Editor no site "Dicas de Saúde".

Desculpe, os comentários deste artigo estão encerrados.

7 Comentários

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.