Filariose – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Tudo Sobre Filariose – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos!

Revisado por

Biomédico pela UFRGS

Especialista do Cura Natural

Filariose – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos que você precisa conhecer. Além disso, a Filariose, também popular por Filariose linfática (LF), é mais normal em países tropicais e é causada por worms de nemátodo parasitas que parecem pequenos fios.

A Filariose linfática existe há muitos anos. Os relatos da doença foram relatados na literatura grega antiga, e seus sintomas foram mostrados pela primeira vez no século XVI, durante as primeiras explorações de Goa, África e Ásia.

filariose o que eAlém disso, a Filariose é uma endêmica que se espalhou em aproximadamente 81 países em todo o mundo. Outras áreas incluem América, Sudeste Asiático e Ilhas do Pacífico com conexões de migração até mesmo para a Austrália.

Causas da Filariose:

A principal causa da Filariose é um parasita conhecido como Wuchereria bancrofti e ocorre só na espécie humana. Ele tem como transmissores da doença as fêmeas dos mosquitos das espécies Culex, Anopheles, Aedes ou Mansonia, hospedeiros intermediários típicos de clima quente e úmido.

Sintomas da filariose:

Os principais sintomas da Filariose em seus estágios iniciais são:

Estes sintomas são vistos no estágio posterior:

  • Inchaço, vermelhidão e dor nos braços e pernas;
  • Bloqueio no sistema linfático que leva ao edema;
  • Acumulação de pus nas células;

causas da filariose

A formação de pus em uma célula devido aos vermes moribundos ou a uma infecção bacteriana secundária resulta em:

  • Dor abdominal;
  • Erupções cutâneas;
  • Dano à córnea, coróide, retina e nervo óptico, resultando finalmente em perda de visão;
  • A pele hiper ou hipopigmentada no rosto, braços, pés e outras partes do corpo;

Se esses sintomas são negligenciados, o estágio final desta doença resultaria em aumento grosseiro dos membros e genitais em uma condição chamada elefantiasis.

Tratamento Para Filariose:

As pessoas com Filariose são tratadas através de orientações higiênico-dietéticas e de medicamentos anti-parasitas, como o dietilcarbamazina.

Em casos específicos em que o tratamento medicamentoso não é eficiente é preciso uma intervenção cirúrgica reparadora.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Kaio Rodrigues

Sou Biomédico formado pela Universidade Federal do Estado do Rio Grande do Sul (UFRGS). Tendo formação técnico-científica, com conhecimento do organismo humano tanto nos seus aspectos estruturais (células, tecidos e órgãos), quanto funcionais.

O campo de atuação do biomédico engloba toda a interface entre a biologia e a medicina clínica propriamente dita. Está apto a auxiliar no diagnóstico e avaliar clínico-laboratorialmente as doenças, os agentes etiológicos e os vetores e também exerço a função de Editor no site "Dicas de Saúde".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *