Início » Benefícios das Plantas » Os 12 benefícios da erva de gato para saúde!

Os 12 benefícios da erva de gato para saúde!

benefícios da erva de gato para saúde

A erva de gato é derivada de um suplemento de uma videira tropical, ajuda a combater uma série de doenças. Além disso, leva esse nome “erva de gato”, porque na antiguidade, de onde ela é originária (Europa e mediterrâneo) os gatos gostavam de pular e rolar por cima dela no jardim. Mas mesmo hoje em dia se plantar em jardins é notável a movimentação de gatos ao redor. Eles gostam pois o cheiro dessa erva produz efeito psicoativo neles. Veja tudo sobre esta planta:

benefícios da erva de gato para saúde
benefícios da erva de gato para saúde

O que é erva de gato?

A erva de gato é uma planta medicinal, também conhecida por Catnip, nativa da Europa e do Mediterrâneo, que atualmente é cultivada em diversas partes do mundo para tratar problemas digestivos, febre, ou para acalmar o sistema nervoso.

O nome científico dessa erva é Nepeta cataria, que é uma planta que produz flores tubulares, com manchas brancas e roxas, que aparecem do verão até a metade do outono. A parte da planta que tem mais efeitos terapêuticos são as partes aéreas, podendo ser tomada em chá ou usada em pomada ou tintura.

Quais os benefícios da erva?

A erva tem na sua constituição componentes como o citronelol, geraniol, nepetalactona e glicosídeos que têm inúmeras propriedades, podendo por isso ser usada nos seguintes casos:

  1. Problemas digestivos;
  2. Cólicas;
  3. Hemorroidas;
  4. Dor de cabeça;
  5. Estresse;
  6. Gripe;
  7. Artrite e reumatismo;
  8. Inchaço provocado por gases;
  9. Febre;
  10. Diarreia;
  11. Insônia;
  12. Tosse.

Além disso, esta planta também pode ser usada para desinfetar feridas.

Como usar a erva de gato?

A erva pode ser usada de várias formas, podendo ser preparadas em casa ou obtidas já preparadas numa farmácia ou ervanária:

Chá:

O Chá de erva de gato pode ser usado para tratar gripes, problemas de estômago e má digestão, atenuar as cólicas ou reduzir o estresse.

Ingredientes:

  • 1 colher de chá de partes aéreas de erva de gato seca;
  • 1 xícara de chá de água fervente.

Modo de Preparo:

  • Colocar as ervas em uma xícara de chá e despejar a água fervente por cima.
  • Deixar descansar por 10 minutos, tampando para evitar que os óleos voláteis escapem e de seguida coar e deixar arrefecer.
  • Tomar uma xícara de chá, 3 vezes ao dia.

Tintura:

As tinturas são soluções alcoólicas mais fortes que os chás e que têm maior durabilidade, permitindo que as ervas sejam armazenadas durante todo o ano.

Ingredientes:

  • 200 g de partes aéreas de erva de gato seca;
  • 1 litro de vodca com teor alcoólico de 37,5%.

Modo de Preparo:

  • Picar a erva e colocar em um vidro escuro esterilizado com tampa, despejar a vodca, imergir as ervas por completo e guardar num local escuro e arejado, agitando de evz em quando durante 2 semanas.
  • Após este tempo, coar a mistura e filtrar com um filtro de papel e por fim colocar no vidro escuro novamente.

Tomar 5 ml, 3 vezes ao dia, misturado num pouco de chá ou água para tratar problemas digestivos e dor de cabeça ou usar puro para massagear regiões doloridas devido a problemas como artrite ou reumatismo.

Pomada:

A erva de gato também pode ser usada sob a forma de pomada, podendo ser obtida numa farmácia ou ervanária. Esta pomada é muito útil para tratar hemorroidas, devendo ser aplicada 2 a 3 vezes ao dia.

Contraindicações:

A erva de gato não deve ser usada na gravidez.

Efeitos colaterais:

A erva de gato é geralmente uma planta segura, no entanto, se tomada em excesso pode provocar dor de cabeça, vômitos e desconforto. Além disso, pode também aumentar a hemorragia durante o período menstrual.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Deixe um comentário