Remédios Caseiros

5 dicas caseiras para evitar infecções vaginais!

dicas caseiras para evitar infecções vaginais

Estas dicas caseiras para evitar infecções vaginais são bem simples e bastante práticos, e podem aumentar sua saúde. Quer reduzir suas chances de desenvolver uma infecções vaginais? Os médicos dizem que modificar alguns hábitos cotidianos pode aliviar os sintomas desta infecções e reduzir as chances de você ter uma infecção vaginal.

dicas caseiras para evitar infecções vaginais
dicas caseiras para evitar infecções vaginais

Muitas mulheres não percebem que têm a capacidade de reduzir suas chances de desenvolver infecções vaginais. Se você teve mais de duas infecções fúngicas em um ano, considere fazer algumas dessas mudanças no estilo de vida para reduzir o risco de desenvolver outra.

De acordo com especialistas, muitas mulheres que tomam pílulas para controle de natalidade causam diminuição da libido.

Isso não se aplica apenas às mulheres em idade reprodutiva. As mulheres na menopausa que bebem essas pílulas para controlar vários sintomas, como mudanças de humor, podem sentir a redução do desejo sexual. Este é o segredo ginecológico N. 1.

Dicas caseiras para evitar infecções vaginais:

1. Dores de cabeça aumentar o desejo sexual:

Certamente a última coisa que vem à sua mente quando você está com dor de cabeça é ter sexo. Mas não se surpreenda se você sentir um desejo maior de ter intimidade com seu parceiro dentro de 24 horas antes de a enxaqueca incomodar.

Os especialistas acham difícil explicar esse fenômeno. Segundo eles, o mais provável é que isso ocorra por causa dos níveis elevados de serotonina, que os especialistas assumem que tem a ver com o apetite sexual.

2. O sexo pode eliminar dores de cabeça e cólicas menstruais:

Pesquisas recentes mostram que 20% das mulheres que têm enxaqueca a dor diminui após um orgasmo. Não é a primeira vez que o orgasmo se liga ao alívio da dor. Muitas mulheres afirmam que o orgarmo também ajuda a reduzir ou eliminar as cólicas menstruais.

3. Fazer sexo menstruada pode aumentar o risco de DST:

De fato, o período em que você está menstruada é uma época em que as chances de engravidar são as mais baixas. Mas é um período em que você está mais exposto a doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e infecções. Isto é assim porque então a acidez das bactérias vaginais está mudando e é mais fácil para as bactérias se disseminarem.

4. Roupas intimas de algodão combatem a vaginite:

A vaginite é uma irritação vaginal. Causa um grande corrimento vaginal, queimação e coceira. Se você usar roupa íntima de algodão e trocar o sabão em pó, poderá reduzir o risco desse problema desagradável. Além disso, não use produtos íntimos perfumados.

5. Sexo oral aumenta o risco de infecção fúngica:

Uma pesquisa realizada em Michigan, EUA, que envolveu 200 homens e mulheres, mostrou que em mulheres que preferem infecções orais, as infecções recorrentes por leveduras são mais freqüentes. Assim, as mulheres que têm esse problema levam essa informação em consideração.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

4 comentários

  • […] tipos e espécies. Estamos acostumados a ler sobre patógenos, isto é, aqueles que geram infecções e […]

  • […] ao mesmo tempo em que mantém um ambiente de ferida úmido e barreira protetora, o que impede infecções microbianas na […]

  • […] já descobertas, algumas gotas de óleo de árvore do chá diluído podem remediar rapidamente infecções tópicas e reequilibrar suas defesas […]

  • […] um medicamento altamente eficaz no caso de infecções […]

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.