Castanha da Índia – O que é, Benefícios e Como Usar

Revisado por

Dermatologia Graduada pela Unicamp

Especialista do Cura Natural

Castanha da Índia – O que é, Benefícios e Como Usar
4.8 (95%) 16 vote[s]

Castanha da Índia – O que é, Benefícios e Como Usar que todos devemos saber. Além disso, a castanha da índia, também conhecida como castanheiro-da-índia, é uma oleoginosa muito utilizada no tratamento de insuficiência venosa e varizes, mas ela também pode ser usada para facilitar o tratamento de hemorroidas, por exemplo.

Castanha da Índia - O que é, Benefícios e Como UsarO seu nome científico é Aesculus hippocastanum e pode ser comprada em qualquer farmácia em forma de cápsulas, pó, folhas, cremes ou sabonetes. Além disso, em alguns supermercados e feiras livres também é possível comprar as suas folhas para preparar chás e infusões.

O que é Castanha da Índia?

A Castanha da Índia é uma semente da árvore castanheiro-da-Índia, originária do sudeste da Europa na região dos Balcãs (o que inclui países como Albânia, Bósnia, Bulgária e Grécia, entre outros

A castanha da Índia é adstringente, anti-hemorroidal, anti-inflamatória, estimulante, hemostática, redutora de permeabilidade capilar, tônica vasoconstritora e vasoprotetora. Por ser uma substância de origem vegetal, muitos acreditam que o consumo da Castanha da Índia pode ser feito sem restrições. Entretanto, alguns cuidados são fundamentais. O primeiro deles é não ingerir a semente in natura por causa de alguns componentes tóxicos.

Valor Nutricional da Castanha da Índia:

Como e utilizado para o emagrecimento há muito tempo, inclusive pelos nossos avós, e como verá posteriormente, não somente para emagrecer mas também para diversos outros propósitos. Até mesmo a indústria cosmética estuda os benefícios dessa castanha para a pele. Relacionado ao emagrecimento, podemos listar as propriedades da castanha da índia como:

  • 3% de proteína
  • 19% de fibras. as fibras são muito úteis para emagrecer
  • 64% de gorduras boas, que trabalham beneficamente no corpo reduzindo o colesterol ruim e aumentando o colesterol bom. Agora Veja Os Benefícios da Castanha da Índia Para Saúde:

Distúrbios Hemorrágicos:

A castanha da índia pode retardar a coagulação do sangue. Se você aumentar a sua ingestão, que só vai aumentar o sangramento e hematomas. Assim, garantir que você não usa muito desse óleo.

Ameniza e Previne as Indesejadas Varizes:

Que são veias superficiais dilatadas – que costumam incomodar mulheres e homens, por causa do aspecto que dão a pele.

Age Diretamente no Sistema Venoso:

Castanha da Índia - O que é, Benefícios e Como Usar

Ou seja, na parte do corpo que carrega as toxinas para fora do organismo. Quando as veias melhoram o seu tônus graças a ação desse nutriente elas consegue coletar e descartar as toxinas de melhor forma, evitam acidentes vasculares e ainda conseguem acelerar o tratamento das varizes

Menstruação:

Melhora as cólicas menstruais, e os sintomas da famosa TPM e a dor nas pernas.

Luta Contra Artrite Reumatoide:

Outro importante benefício do castanha da índia é a sua capacidade para combater artrite reumatoide. Os seus extractos são bem conhecidos pelas suas propriedades anti-inflamatórias que pode aliviar dores, dores, entorses.

Na verdade, vários produtos de massagem utilizadas por atletas depois de trabalhar fora contêm óleo de castanha de cavalo. Um remédio simples

 Outros Benefícios da Castanha da Índia:

A castanha da Índia oferece uma série de benefícios aos seus consumidores, sendo alguns deles:

  • Ação Adstringente;
  • Ação Anti-Hemorroidal;
  • Ação Anti-inflamatória;
  • Ação Hemostática;
  • Ação redutora de permeabilidade capilar;
  • Ação tônica;
  • Ação vasoconstritora;
  • Ação vaso protetora;
  • Estimulante;
  • Tratar hemorroidas;
  • Melhorar a circulação sanguínea;
  • Combater as flebites (inflamações nas veias);
  • Aliviar o reumatismo;
  • Prevenir a formação de varizes;
  • Atenuar inflamações e doenças de pele.
  • A semente também é bastante comum no universo da cosmética, servindo de ingredientes para cremes, géis, shampoos e outros produtos que servem para:
  • Acabar com as celulites;
  • Prevenir a queda de cabelo;
  • Atenuar vasinhos e pequenas varizes.

Como Consumir e Onde Comprar Castanha da Índia:

Castanha da Índia - O que é, Benefícios e Como Usar

Para fins medicinais, o chá com as folhas é o mais indicado, mas a castanha em si pode ser adicionada à sua alimentação. Uma por dia ou pelo menos algumas vezes na semana para acostumar, é uma boa opção. Existe também a possibilidade de consumi-la em cápsulas, que é um caso a ser conversado com seu médico.

A castanha da Índia pode ser comprada em mercados ao ar livre, lojas especializadas em chás e outras especiarias ou pela internet.

Efeitos Colaterais da Castanha da Índia!

Mesmo com muitos benefícios a castanha da índia pode ter alguns efeitos negativos quando ingerida em altas doses ou por outros motivos. Algumas pessoas podem sentir sede, eritema facial, distúrbios na visão, urticária, vômitos, sangramento, irritação nas mucosas digestivas e até dermatite de contato. Em qualquer um desses casos é importante a visita de um médico com urgência.

Receita – Chá de Castanha da Índia:

Ingredientes:

  • 1,5 gramas de sementes de castanha da índia com casca
  • 150 mililitros de água

Modo de Preparar:

  • O processo mais indicado para fazer a infusão é pelo meio da decocção.
  • Basta acrescentar as sementes na água, deixar que ferva por 5 a 10 minutos, para que as propriedades sejam extraídas, e deixar esfriar.
  • Para beber é ideal que seja uma xícara de chá duas a três vezes ao dia, depois das principais refeições.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Wanessa Mattos

Drª. Wanessa Matos
Dermatologista formou-se em Medicina na Unicamp e na mesma instituição realizou sua residência em Dermatologia, obtendo o título de especialista. Atua nas áreas de dermatologia clínica, cirúrgica e estética. Além disso, é sócio titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, com registro no Conselho Regional de Medicina e Associação Médica Brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *