Benefícios do Chás Alan Costa

30 benefícios da cavalinha para saúde!

A cavalinha é uma planta medicinal conhecida, dentre outras utilidades, por seu efeito emagrecedor, já que ajuda a desinchar e queimar gorduras. Além disso, dentre suas propriedades, destacam-se as funções adstringente, diurética, anti-inflamatória e desintoxicante, que são capazes de tratar inúmeras condições, além da alta concentração de potássio e cálcio.

quais os benefícios da cavalinha?

quais os benefícios da cavalinha?

Os benefícios da cavalinha são variados, indo do tratamento de hemorróidas, à queda de cabelo. Esta erva é usada com grandes resultados contra quase todos os tipos de hemorragia que ocorrem no corpo humano.

Também trata a tuberculose e problemas renais. Quando se esmaga a erva, aplicando de maneira tópica, cura feridas, doenças da pele, queimaduras e frieiras. O chá é poderoso contra problemas na bexiga, seja infecção ou incontinência urinária.

Trata-se de uma erva muito rica em sílica, portanto, o chá contribui para a reparação dos tecidos, crescimento dos cabelos e das unhas, e auxilia na prevenção da osteoporose.

Quais os benefícios da cavalinha?

1. Para o emagrecimento:

A planta promove a aceleração do metabolismo, potencializando a queima de calorias e resultando na perda de peso e medidas. Além disso, sua ação diurética ajuda a eliminar toxinas do corpo e desinchar, evitando a retenção de líquidos.

2. Tratar a celulite:

Outro benefício do consumo da cavalinha é a ativação da circulação sanguínea, que, junto com a função antioxidante da erva, acaba produzindo uma melhora significativa no aspecto da pele com celulite.

3. Para pele:

Além dos benefícios para a saúde e perda de peso, o chá de cavalinha ajuda a melhorar a beleza da pele. Por conta de sua ação adstringente, ele auxilia na redução da oleosidade da derme, combatendo e evitando o aparecimento de espinhas.

4. Combate a retenção de líquido:

A retenção de líquido é uma condição caracterizada pelo acúmulo de água no organismo, que causa inchaço no corpo. O chá de cavalinha ajuda a combater o problema porque promove a eliminação desse líquido em excesso através da urina, graças à sua propriedade diurética.

5. Aceleração do metabolismo:

A bebida pode ser utilizada como auxiliar em dietas para emagrecer graças ao seu efeito de aceleração do metabolismo. Quando o metabolismo funciona de maneira mais rápida, o processo de queima de calorias e gorduras torna-se mais eficiente.

6. Para unhas e cabelos:

A planta medicinal ainda está associada aos benefícios de fortalecimento e crescimento das unhas e dos cabelos. Misturar duas colheres de chá da erva seca com um copo de água e mergulhar as unhas dentro da mistura é uma forma de tratar unhas frágeis e quebradiças.

7. Ação antioxidante:

Um estudo publicado no Journal of Medicinal Food (Jornal da Medicina Alimentar, tradução livre) no ano de 2010 classificou a cavalinha como uma fonte natural de antioxidantes.

A ação antioxidante é importante para o organismo humano porque combate a ação dos radicais livres, substâncias malignas que causam doenças como o câncer e promovem o envelhecimento.

8. Propriedade anti-inflamatória:

Outra pesquisa, dessa vez publicada em uma edição de 2004 da publicação Pharmacal Research (Pesquisa da Área da Farmácia, tradução livre) apresentou as propriedades anti-inflamatórias da planta medicinal em ratinhos, que auxiliou a redução de inchaço nos bichinhos em 30%. A ação anti-inflamatória da cavalinha está associada ao alívio da dor e auxílio à diminuição ou prevenção do sangramento causados por hemorroidas.

9. Ação antimicrobiana:

Um estudo de 2006 identificou que a cavalinha possui um óleo essencial que comporta 25 componentes que fornecem ação antimicrobiana contra algumas variedades de germes e fungos.

Sua ação antimicrobiana, ao lado de seu efeito anti-inflamatório, como falamos no tópico acima, também pode auxiliar em relação à irritação e eliminação do pus causados por furúnculos, carbúnculos (infecção de pele de origem bacteriana, que geralmente atinge a nuca e as costas) e feridas. Para isso, é necessário utilizar a cavalinha em compressas e pomadas.

10. Para memória:

Pesquisadores brasileiros que fizeram um experimento com ratos descobriram que o chá de cavalinha pode ajudar a melhorar a memória e a cognição tanto a curto prazo quanto a longo prazo. Acredita-se que o efeito seja possível por conta da ação antioxidante da planta medicinal.

11. Para osteoporose:

Uma mistura de cálcio com cavalinha pode auxiliar em relação à densidade óssea. A mistura já foi utilizada na Itália para prevenir fraturas melhorar o fortalecimento dos ossos. Acredita-se que o efeito esteja associado com o alto teor de silício encontrado na planta.

O consumo do composto por meio de alimentos já foi relacionado ao efeito de aumento da densidade mineral dos ossos em homens e mulheres na fase da pré-menopausa.

12. Para bronquite, tosse, resfriado e gripe:

Tomar o chá de cavalinha pode auxiliar a tratar problemas como bronquite, tosse seca, obstrução nasal e alterações na temperatura do corpo, associadas a gripes e resfriados. Acredita-se que inalar o vapor da bebida pode reduzir a obstrução nasal e que a ingestão do chá de cavalinha duas a três vezes por dia contribui com o tratamento da tosse e outros problemas respiratórios.

13. Para amigdalite, gengivite e feridas bucais:

Um enxaguante bucal feito com chá de cavalinha pode auxiliar o tratamento de amígdalas inflamadas, sangramentos nas gengivas e feridas bucais. A indicação é fazer o gargarejo com o enxaguante bucal durante um a três minutos.

o chá de cavalinha pode tratar amígdalas inflamadas

o chá de cavalinha pode tratar amígdalas inflamadas

14. Curar gripes e constipações:

Saiba que o chá de cavalinha ajuda a tratar de gripes e constipações. E mais: a inalação do chá de cavalinha ajuda a desobstruir as vias nasais e a sua ingestão ajuda a tratar da tosse e de problemas respiratórios.

Outros benefícios da cavalinha:

  1. Ácido úrico
  2. Celulite;
  3. Pressão alta;
  4. Anemia;
  5. Úlcera;
  6. Menstruação excessiva;
  7. Dores de cabeça;
  8. Estresse e ansiedade;
  9. Pedra nos rins;
  10. Pedra na vesícula.
  11. Osteoporose;
  12. Obesidade;
  13. Flacidez na pele e músculos;
  14. Hemorragias nasais;
  15. Reumatismo.

Contraindicações da Cavalinha:

O chá de cavalinha não deve ser consumido por quem tem pressão baixa ou mulheres grávidas. Antes de iniciar o uso, consulte um médico para receber orientações.

Sobre o autor | Website

Sou nutricionista e Personal Trainer. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2002, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.