Agnocasto – O que é, Benefícios e Como Usar

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Cura Natural

Agnocasto – O que é, Benefícios e Como Usar
4.7 (93.33%) 24 vote[s]

Conheça a Agnocasto, planta com propriedades medicinais, e saiba como aproveitar seus benefícios. A Agnocasto é uma planta com propriedades medicinais, empregada principalmente no tratamento de problemas relacionados à mensturação, cólicas, TPM (Tensão Pré-Menstrual) e sintomas da menopausa. Seu nome científico é Vitex agnus-castus L, mas o Agnocasto é popularmente conhecido como Alecrim da Angola e Árvore da Castidade. Trata-se de uma planta de tipo arbustivo da família das Lamicae e de origem da região do Mediterrâneo. Uma curiosidade sobre esta planta é o motivo de ser conhecida também como Árvore da Castidade, as mulheres que queriam preservar a sua castidade colocavam folhas de Agnocasto em suas camas e dormiam junto a elas. O Agnocasto é utilizado como chá ou como infusão para banhos.Agnocasto

Ele é indicado para quem sofre com determinados problemas hormonais, pois atua no organismo como estimulante do hormônio LH, Hormônio Luteinizante, uma proteína reguladora da secreção da progesterona na mulher, sendo um dos responsáveis pelo controle da ovulação.

Ainda no campo dos hormônios o Agnocasto atua como inibidor do hormônio FSH, Hormônio Folículo-Estimulante (do inglês Follicle-stimulating hormone).

Esse hormônio está presente em homens e animais e regula o crescimento e a maturação durante o período da puberdade, assim com os processos reprodutivos do ser humano.

O que é Agnocasto:

Agnocasto, também conhecido como limba ou ainda alecrim de angola, é uma planta que pertence à família das Verbanaceae e é amplamente usado como um regulador do sistema hormonal do organismo feminino.

As partes usadas para fins medicinais são as folhas e os frutos, mas a planta pode ser mais facilmente encontrada em farmácias e lojas de produtos naturais na forma de cápsulas.

De nome científico Vitex agnus-castus L., a planta pode ser encontrada ainda pelo nome de árvore da castidade. Ela é arbustiva e tem origem na região do Mediterrâneo.

Ela é conhecida pelo nome de árvore da castidade devido ao fato de que, antigamente, as mulheres que queriam preservar sua castidade, colocavam as folhas em suas camas e dormiam entre elas.

Benefícios e Propriedades da Agnocasto:

Como citado anteriormente, a planta é usada amplamente como um excelente regulador natural para o sistema hormonal feminino.

Com isso, a planta pode ser usada para o tratamento de cólicas menstruais, acne, oscilações do humor, dores de cabeça, ansiedade, insônia, taquicardia, menopausa, endometriose e TPM.

Seus benefícios são derivados das propriedades, que envolvem a sua ação como antiestrogênico, anti-inflamatório, antisséptico, calmante, diurético, estimulante do hormônio LH, inibidor do hormônio FSH, além de sedativo.

Como Consumir a Agnocasto:

Para o preparo do chá, é preciso de:

  • 200 ml de água fervente;
  • 1 colher de sopa de flores de Agnocasto.

Em um recipiente, coloque a água e leve ao fogo. Quando começar a ferver, desligue o fogo e coloque as flores de Agnocasto.

Tampe e deixe a mistura descansar por, aproximadamente, 10 minutos. Quando estiver morno, coe e consuma.

A ingestão deve ser feita entre duas e quatro vezes ao dia. Seu uso se dá também por meio de infusão para banhos.

Contraindicações e Efeitos Colaterais:

Atenção! Gestantes e mulheres em período de amamentação não devem fazer uso do Agnocasto, assim como pessoas com câncer de mama e as que se encontram em algum tipo de tratamento hormonal por possibilidade de interferência já que a planta atua sobre os hormônios.

Caso utilizado de forma indevida o Agnocasto pode aumentar o fluxo menstrual, dor de cabeça, alergia na pele e até distúrbios intestinais. Por isso é sempre importante o acompanhamento médico ou de um profissional responsável.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Alan Costa

Sou nutricionista e Personal Trainer. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2002, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *