Afonia – O Que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

Afonia – O Que é, Causas, Sintomas e Tratamentos que não devem ser ignorados. Além disso, a Afonia corresponde à perda parcial ou total da voz devido a histeria ou alterações da laringe (inflamações ou tumores, por exemplo). Afonia significa perda da propriedade de modular mas não de reproduzir sons.

O afónico, ao contrário do mudo, pode ser capaz de falar e articular o suficiente para qualquer fim, em voz baixa e sibilante. A causa deve ser procurada na impossibilidade de aproximar as duas cordas vocais da laringe, uma vez que, quando a distância é superior a 2mm, já não é possível emitir qualquer som, mesmo o mais elementar.

A voz sibilante é produzida pela passagem do ar através do espaço, relativamente grande, entre cordas vocais afrouxadas. A forma mais frequente de Afonia é a temporária, que acompanha a laringite aguda (caracterizada por edema e inflamação das cordas vocais) e a concomitante inflamação catarral do nariz.

A laringite, além de ser provocada pelas constipações, também constitui uma complicação muito frequente da gripe, mas pode ser igualmente consequência de um excesso de voz ou da má colocação da mesma, enquanto o abuso de álcool e tabaco é factor predisponente.

A Afonia pode também ser provocada pela rigidez das cordas vocais, devido à alteração dos tecidos aos quais estão ligadas: é o que acontece em casos de feridas seguidas de cicatriz.

A sífilis e a gota podem atacar as pequenas articulações nas quais estão inseridas as extremidades das cordas vocais. O mesmo efeito pode ser produzido por vegetações tumorais benignas ou malignas.

Principais Causas da Afonia:

  • Ingerir produtos tóxicos ou irritantes;
  • Tosse ou pigarro;
  • Falar alto demais;
  • Cantar com técnicas inadequadas;
  • Inalar fumaças de fumos e cigarros ou outros gases irritantes;
  • Lesão nas cordas vocais (nódulos ou pólipos);
  • Doenças do aparato respiratório;
  • Mau uso da respiração (por exemplo, respirar pela boca durante a noite)
  • Questões emocionais e nervosas (Estresse);
  • Temperaturas extremas (ingestão de bebidas muito geladas ou muito quentes, temperaturas
  • exteriores baixas, etc.)

Sintomas de Afonia:

  • Perda da fala;
  • Afasia;
  • Confusão;
  • Cócegas na garganta;
  • Aspereza na voz;

Tratamento Para Afonia:

Ao discutir as causas já indicamos alguns tratamentos que podem ser tomar medicamentos ou mudar a dieta (no caso de ter Afonia devido a acidez), mas também podemos apontar alguns remédios que nos permitem recuperar a voz plenamente.

  • Faça gargarejos com uma colher de sopa de sal em um copo de água.
    Triture uma cebola no liquidificador, adicione o mel (que tem efeitos antibacterianos) mistura e tome duas colheres de sopa por dia.
  • Coloque para ferver em uma panela hortelã, quando ferver e liberar vapor, desligue o fogo, coloque o rosto sobre os vapores que emana e cubra com uma toalha para
    que você possa fazer “vapores” com o vapor. Abra sua boca, para que não apenas penetre nas narinas.
  • Faça um suco de abobrinha e adicione duas gotas de limão. Tome ao longo do dia. São ricos em mucilagem que ajuda a suavizar a mucosa.
    Ferva 3 cenouras, deixe esfriar, triture e misture com um pouco de água e mel. Tome durante todo o dia. Fornece antioxidantes, betacaroteno, e ajudam a suavizar a garganta.

Alimentação Para Tratar Afonia:

Junto com os remédios para o tratamento da Afonia, podemos dizer que existem uma série de alimentos que podemos tomar que nos ajudam no caso de sofrer uma Afonia.

É bom, então comermos e consumirmos alimentos e plantas que sejam ricos em vitamina A, ácidos graxos ômega-3, antocianinas ou mucilagem, já que são os que nos permitirão regenerar as mucosas irritadas e também aliviar a dor e o desconforto que se produz na garganta, eliminando os germes que causam a infecção e a irritação e, em última análise, te ajudarão a recuperar a voz.

Por outro lado, se como dissemos, a Afonia é causada por refluxo gastroesofágico é melhor ingerir alimentos que não causam acidez e, portanto, deve ser evitada a ingestão de alimentos picantes ou alimentos gordurosos ou que forneçam muita gordura (como as frituras, por exemplo), assim como café e também tabagismo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *