Sinusite – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

Sinusite – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos
4.8 (95%) 20 vote[s]

Sinusite – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos que devemos conhecer. Além disso, a Sinusite é também conhecida como sinusopatia.

A Sinusite é uma inflamação dos seios paranasais que acontece na mucosa da face, região de cavidades ósseas ao redor do nariz, maçãs do rosto e olhos trazendo sintomas como dor de cabeça, corrimento nasal e rosto inchado.

Causas da Sinusite:

A Sinusite pode ser causada por agentes infecciosos, como bactérias, fungos e vírus, ou por fatores alérgicos.

Poeira, choque térmico e cheiros fortes são listados como desencadeadores da rinopatia alérgica.

Exposição a determinados agentes químicos e alterações na anatomia nasal, ou dos seios da face fazem parte do outro grupo de responsáveis pela Sinusite. Há ainda, casos mais raros que levam à Sinusite, como a presença de um tumor.

A Sinusite pode ser dividida em:

  • Aguda: quando os sintomas estão presentes por um período inferior a 12 semanas;
  • Crônica: quando o inchaço e a inflamação dos seios nasais estão presentes por mais de 12 semanas.

Fatores de Risco Para Sinusite:

Alguns fatores de riscos estão entre as causas mais comuns de Sinusite, eles incluem:

1. Pólipos Nasais: Crescimentos de tecido na área que podem bloquear as passagens nasais ou seios da face;

2. Reações alérgicas: a Sinusite pode ser causada pela exposição à substâncias transportadas pelo ar, como ácaros e poeira, poluição, pólen, mofo, pelos de animais, fumaça de cigarro e partículas de insetos.

Substâncias químicas como tinta, desinfetantes e produtos de limpeza também podem desencadear o quadro;

3. Alergias: Outras doenças alérgicas, como rinite e asma, podem favorecer um quadro de Sinusite. A inflamação que ocorre devido às alergias pode bloquear seus seios nasais;

4. Desvio de septo nasal: Quando a parede entre as narinas não está alinhada, pode haver restrição ou bloqueio das passagens no seio nasal

5. Trauma na face: Um osso facial fraturado ou quebrado pode causar obstrução das vias nasais;

6. Baixa Imunidade: Complicações de fibrose cística, refluxo gastroesofágico, AIDS e outras doenças relacionadas com o sistema imunológico podem resultar na obstrução nasal;

7. Infecções Respiratórias: Gripe, resfriado e outras doenças do trato respiratório quando não são bem tratadas podem inflamar e engrossar as membranas sinusais;

8. Tabagismo: Fumar está ente os fatores de risco para o desenvolvimento da Sinusite;

9. Infecções Odontológicas: Em casos que obstruem os seios nasais.

Sintomas da Sinusite:

Os principais sintomas da Sinusite são o surgimento de secreção nasal espessa e amarelada, acompanhada de sensação de peso ou pressão no rosto. No entanto, outros sintomas que também podem aparecer incluem:

  • Dor de cabeça, que pode se espalhar para os olhos e nariz;
  • Dor de garganta;
  • Dificuldade para respirar pelo nariz;
  • Perda do olfato e gosto;
  • Mau hálito;
  • Tosse que piora à noite.

Além disso, também pode surgir febre acima de 38ºC e tonturas, especialmente nos casos de Sinusite bacteriana, sendo que nestes casos também é comum que as secreções nasais passem de amarelo para uma coloração esverdeada.

Os sintomas da Sinusite podem ser difíceis de distinguir dos sintomas de alergia e, por isso, quando a alergia dura mais de 7 dias deve ser avaliada por um clínico geral ou otorrinolaringologista, para iniciar o tratamento adequado.

Diagnóstico da Sinusite:

O diagnóstico da Sinusite deve ser feito por um otorrinolaringologista e, normalmente, é feito através da observação dos sintomas e palpação dos seios nasais, para constatar se existe ou não sensibilidade nessa região.

Porém, outros exames podem ser solicitados:

  • Endoscopia Nasal: neste procedimento é introduzido um pequeno tubinho pelo nariz para observar o interior dos seios nasais, podendo identificar se existem outras causas, como pólipos nasais que possam estar provocando a Sinusite;
  • Tomografia Computadorizada: avaliam a presença de uma inflamação profunda que pode não ser identificada com a endoscopia nasal e também permitem observar a anatomia dos seios nasais;
  • Coleta de Secreções Nasais: o médico recolhe uma pequena amostra das secreções nasais para enviar para o laboratório e avaliar a presença de micro-organismos como bactérias ou vírus;
  • Teste de alergia: os testes de alergia servem para identificar uma causa alérgica, quando o médico não consegue encontrar vírus ou bactérias como causas da Sinusite.

Tratamento da Sinusite:

O tratamento para Sinusite geralmente é feito com o uso de remédios como:

  • Spray Nasais: ajudam a aliviar a sensação de nariz entupido;
  • Remédios Antigripais: ajudam a aliviar a sensação de pressão no rosto e a dor de cabeça, por exemplo;
  • Antibióticos Orais: são usados apenas em casos de Sinusite bacteriana para eliminar as bactérias.

Para complementar o tratamento da Sinusite, existem alguns remédios caseiros para Sinusite como a lavagem nasal com água e sal ou soro fisiológico, ou inalações a vapor para ajudar a reduzir os sintomas, por exemplo.

Prevenção da Sinusite:

A melhor forma de prevenir a Sinusite é manter a mucosa nasal hidratada, tratar a rinite alérgica e procurar um médico para acompanhar gripes e resfriados. Mas há outros hábitos que podem ajudar na prevenção:

  • Alimentação saudável;
  • Beba água;
  • Evite os gatilhos;
  • Inale vapor;
  • Testes para alergias;
  • Não fume;
  • Exercícios físicos;
  • Lavagem nasal.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *