Os 11 Alimentos que Devem ser Incluídos na Dieta Antifúngica

Os 11 Alimentos que Devem ser Incluídos na Dieta Antifúngica!

Revisado por

Dermatologia Graduada pela Unicamp

Especialista do Cura Natural

Os Alimentos que Devem ser Incluídos na Dieta Antifúngica que você precisa saber. Além disso, você precisa fazer algumas adições e subtrações em sua lista de alimentos enquanto estiver em uma dieta antifúngica. As pessoas que sofrem de problemas causados por fungos como Candidíase, criados pelo fungo de Cândida albicans, devem manter uma dieta antifúngica.

Alimentos que Devem ser Incluídos na Dieta AntifúngicaAqui está uma lista detalhada dos alimentos que devem ser consumidos e aqueles a ser evitados. Esta é uma das formas mais fáceis e naturais de tratar esta desordem de fungos, inibindo o crescimento do fungo.

Alimentos Antifúngicos Para Cândida: 

Nos concentremos em quais os alimentos que pode ser incluídos em sua dieta antifúngica. Não se preocupe; tudo o que é saudável não é chato ou insípido.

Limão e Azeitona: 

Estes são um dos melhores alimentos que devem ser incluídos na dieta antifúngica. As frutas que possuem baixo teor de açúcar natural e possuem sabor menos adocicados pode fazer parte de sua dieta antifúngica.

Isso inclui basicamente aquelas frutas que são azeda e rica em vitamina C. Desta forma, você pode incluir os limões, um pouco de azeitona ou Abacate em suas saladas.

Vegetais com Baixa Quantidade de Amido: 

Ignorar o amido em vegetais ajuda na eliminação do fungo Cândida. Existem diversas receitas deliciosas que utilizam vegetais como Brócolis, Berinjelas, Abobrinhas, Cebolas e Aspargos. Tente não fritá-los ou cozinhá-los excessivamente, pois isso rouba seus nutrientes. Você pode inclui-lo cru em suas saladas ou comê-los cozidos no vapor ou grelhados.

Amêndoas e Avelãs: 

Estas são boas opções de alimentos que devem ser incluídos na dieta antifúngica. As nozes podem ser parte de sua dieta anti-fungos. Nozes como Amêndoas ou Avelãs têm um molde absolutamente baixo, o que é bom para o corpo.

Coco: É uma dos melhores alimentos que devem ser incluídos na dieta antifúngica. Também possui um baixo teor de mofo e pode ser definitivamente incluído na sua dieta contra a cândida.

Grãos com Alta Quantidade de Fibra: 

Os grãos com alta quantidade de fibra são fundamentais para que o sistema digestivo funcione corretamente e são úteis para eliminar o fungo do corpo. Uma adição importante à dieta antifúngica é o alto teor de fibras, como Milho, Quinoa e trigo mourisco.

Iogurte:

O iogurte é o principal alimentos que devem ser incluídos na dieta antifúngica. Para matar o fungo Cândida em seu corpo, você precisa consumir produtos lácteos fermentados como Iogurte. Na verdade, o Iogurte probiótico é o melhor indicado.

O Iogurte probiótico contém boas bactérias que crescem para eliminar o crescimento fúngico de Cândida. Isso também é baixo em lactose e açúcares naturais e, portanto, pode ser incluído na dieta.

Ervas: 

Certas ervas e condimentos são necessários para a sua dieta, uma vez que possui natureza antifúngica. Os temperos de Limão e o vinagre de maçã são muito bons como condimentos, pois reduzem a inflamação, aumentam a imunidade e combatem as infecções por fungos.

Azeite: 

O azeite é uma boa opção alimentos que devem ser incluídos na dieta antifúngica. de Sempre inclua óleos, como o azeite e o óleo de coco, em sua dieta pois são de natureza antifúngica.

Especiarias – Cúrcuma e Gengibre: 

Algumas especiarias como açafrão, alecrim, tomilho, Cravo da Índia, Gengibre, Alho, paprika, Orégano, Manjericão e pimenta preta são muito boas no tratamento do crescimento excessivo de fungos e devem ser incluídas em suas receitas.

Chá Verde: 

Você deve optar por bebidas à base de plantas, como Chá Verde ou outros chás de ervas. Estas bebidas são de natureza antibacteriana e antifúngica e mantêm o crescimento de fungos controlado. Essas bebidas também possuem propriedades anti-inflamatórias e devem ser incluídas em sua dieta contra a Cândida.

Frango: 

Esta é uma boa opção de alimentos que devem ser incluídos na dieta antifúngica. Caso queira uma comida não vegetariana, consuma frango para satisfazer as papilas gustativas, enquanto também é um aliado na dieta antifúngica. Você pode comer frango na forma de ensopado, grelhado, assado, cozido no vapor, etc. Experimente várias receitas saudáveis a cada dia.

Alimentos a Evitar: 

Existem alguns alimentos que você precisa identificar e excluir da sua dieta. Isso ajudará a inibir o crescimento de fungos de cândida em seu corpo. Conheça todos esses ingredientes que, de fato, estão fazendo-lhe mais mal do que bem.

Açúcar:

O açúcar é um daqueles alimentos que alimentam o fungo e ajudam em seu crescimento. Para eliminá-lo do corpo, prefira uma dieta religiosamente sem açúcar.

Vegetais de Amido Alto: 

Estar em uma dieta antifúngica significa que você não deve consumir nenhum vegetal com alto teor de amido, como batatas, batatas doces, feijões, Cenouras e Beterraba.

Grãos Glutinosos: 

Caso sofra de crescimento excessivo de Cândida em seu intestino, é mais provável que seja altamente sensível a grãos glutinosos como trigo, centeio e cevada.

Carne Processada: 

Quando você tem crescimento fúngico em seu intestino, sua imunidade, bem como o sistema digestivo, fica enfraquecida. Em tais condições, a carne processada pode ser prejudicial, além de aumentar o nível de toxinas.

Essas carnes processadas contêm açúcares, dextrose e sulfatos que podem ser perigosos para o crescimento excessivo de Cândida. Você também deve evitar o bacon, a carne de porco e a carne vermelha.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Wanessa Mattos

Drª. Wanessa Matos
Dermatologista formou-se em Medicina na Unicamp e na mesma instituição realizou sua residência em Dermatologia, obtendo o título de especialista. Atua nas áreas de dermatologia clínica, cirúrgica e estética. Além disso, é sócio titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, com registro no Conselho Regional de Medicina e Associação Médica Brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *