Trazodona: Para que Serve, Como usar e Efeitos Colaterais!

Revisado por

Enfermeira

Especialista do Cura Natural

Trazodona: Para que Serve, Como usar e Efeitos Colaterais!
Gostou do post? Avalie!

Trazodona: Para que Serve, Como usar e Efeitos Colaterais que podem ser causados por este medicamento. Além disso, a Trazodona é um medicamento antidepressivo que é prescrito para tratar os sintomas da depressão.

A Trazodona está em uma classe de medicamentos chamados moduladores de serotonina, que atuam moderando os níveis de serotonina (um neurotransmissor) no cérebro.

trazadona
trazadona

A Food and Drug Administration (FDA) aprovou pela primeira vez a Trazodona em 1981 sob a marca Desyrel.

A Trazodona está agora disponível como medicamento genérico, e várias empresas farmacêuticas a produzem.

O que é Trazodona?

A Trazodona é um medicamento antidepressivo que trabalha para equilibrar produtos químicos no cérebro. É usado para tratar depressão, ansiedade ou uma combinação de depressão e ansiedade.

Pode ajudar se você estiver com problemas como baixo humor, falta de sono e falta de concentração. Trazodona vem como comprimidos, cápsulas e líquidos. Só está disponível mediante receita médica.

Usos da Trazodona:

A medicação para Trazodona é uma prescrição, medicamento genérico que é classificado como antidepressivo. Mais especificamente, afeta certos locais receptores de serotonina no cérebro e equilibra os níveis de serotonina. Isso ajuda os sintomas de depressão, incluindo humor, apetite, perspectivas e padrões de sono.

Como usar a Trazodona:

Leia a bula fornecida pelo seu farmacêutico antes de usar a Trazodona e cada vez que receber uma nova remessa. Se você tiver alguma dúvida, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Tome este medicamento por via oral, geralmente uma ou duas vezes ao dia após uma refeição ou lanche ou conforme indicado pelo seu médico. Caso a sonolência seja um problema e esteja a tomando uma dose diária, tome ao deitar. Se estiver tomando 2 doses por dia, pode ser útil tomar 1 dose ao deitar. Siga as instruções do seu médico com cuidado.

Dosagem é baseada em seu problema médico e resposta ao tratamento. Para reduzir o risco de efeitos secundários, o seu médico pode iniciar com uma dose baixa e aumentar gradualmente.

Tome esta medicação exatamente como prescrito. Não aumente sua dose nem tome este medicamento com mais frequência do que o prescrito. Sua condição não melhorará mais rapidamente e o risco de efeitos colaterais graves pode ser aumentado.

É importante continuar tomando este medicamento conforme prescrito, mesmo que se sinta bem. Para ajudá-lo a lembrar, tome ao mesmo tempo todos os dias. Não pare de tomar este medicamento sem consultar o seu médico. Ansiedade, agitação e problemas para dormir podem ocorrer caso o remédio seja repentinamente interrompida.

Pode levar de 2 a 4 semanas até perceber os efeitos completos desse medicamento. Informe à seu médico caso o problema persista ou piore.

Efeitos Colaterais da Trazodona:

Náuseas, vômitos, diarreia, sonolência, tontura, cansaço, visão embaçada, alterações de peso, dor de cabeça, dor muscular, boca seca, gosto ruim na boca, nariz entupido, constipação ou mudança no interesse ou capacidade sexual podem ocorrer. Se algum destes efeitos persistir ou piorar, informe o seu médico ou farmacêutico imediatamente.

Para aliviar a boca seca, chupe pedaços de gelo, beba água, ou use um substituto de saliva.

Para reduzir o risco de tontura, levante-se lentamente quando estiver numa posição sentada ou deitada.

Lembre-se de que seu médico receitou este medicamento porque julgou que o benefício é maior do que o risco de efeitos colaterais. Muitas pessoas que usam este medicamento não têm efeitos colaterais graves.

Informe o seu médico imediatamente caso tenha quaisquer efeitos secundários graves, incluindo: tremores, pesadelos, zumbidos nos ouvidos, problemas ao urinar, sangue na urina, sinais de infeção (por exemplo, febre, dor de garganta persistente), falta de ar e dor abdominal.

Procure ajuda médica imediatamente caso tenha quaisquer efeitos secundários muito graves, incluindo: dor no peito, desmaios, batimentos cardíacos rápidos ou irregulares, convulsões, inchaço ou vermelhidão nos olhos, pupilas alargadas e alterações na visão (como ver arco-íris ao redor das luzes à noite).

Este medicamento pode aumentar a serotonina e raramente causa um problema muito sério chamado síndrome de serotonina e toxicidade. O risco aumenta caso também esteja tomando outros medicamentos que aumentam a serotonina, então informe o seu médico ou farmacêutico sobre todos os medicamentos tomados. Procure ajuda médica imediatamente caso desenvolva alguns dos seguintes sintomas: batimento cardíaco acelerado, alucinações, perda de coordenação, tontura grave, náusea, vômito, diarreia intensas, contração dos músculos, febre inexplicável e agitação.

Para os homens, caso tenha uma ereção dolorosa ou prolongada (priapismo) com duração de 4 ou mais horas, pare de usar o medicamento e procure atendimento médico imediato, ou poderão ocorrer problemas permanentes.

Uma reação alérgica muito grave a este remédio é rara. No entanto, procure assistência médica imediatamente caso quaisquer sintomas de uma reação alérgica grave, incluindo: erupção cutânea, comichão, inchaço (especialmente da face, língua e garganta), tonturas graves e dificuldade em respirar.

Esta não é uma lista completa de possíveis efeitos colaterais. Se notar outros efeitos não listados acima, contate o seu médico ou farmacêutico.

Precauções:

Antes de tomar a Trazodona, informe o seu médico ou farmacêutico se você é alérgico a ela; ou a nefazodona; ou se você tiver outras alergias. Este produto pode conter ingredientes inativos, que podem causar reações alérgicas ou outros problemas. Fale com o seu farmacêutico para mais detalhes.

Antes de usar este medicamento, informe à seu médico ou farmacêutico seu histórico médico, especialmente de: transtorno bipolar, tentativas de suicídio, doença cardíaca (por exemplo, batimentos cardíacos irregulares e ataque cardíaco), doença hepática, doença renal, problemas de pressão arterial e glaucoma.

Este remédio pode deixá-lo tonto ou sonolento ou embaçar sua visão. Álcool ou maconha também podem deixá-lo mais tonto ou sonolento. Não dirija, use máquinas ou faça qualquer coisa que precise de atenção ou visão clara até que possa executar com segurança. Limite o consumo de bebidas alcoólicas. Converse com seu médico caso esteja usando maconha.

A Trazodona pode causar um problema que afeta o ritmo cardíaco (prolongamento do intervalo QT). O prolongamento do intervalo QT raramente pode causar batimentos cardíacos rápidos ou irregulares e outros sintomas (como tonturas graves, desmaios) que necessitam de atenção médica imediatamente.

O risco de prolongamento do intervalo QT pode aumentar caso tenha certos problemas médicos ou estiver tomando outros medicamentos que possam causar prolongamento do intervalo QT. Antes de utilizar a Trazodona, informe à seu médico ou farmacêutico sobre todos os medicamentos que tiver tomando e se tiver alguma dos seguintes problemas: certos problemas cardíacos (insuficiência cardíaca, batimentos cardíacos lentos, prolongamento QT no ECG) e também histórico familiar de certos problemas cardíacos.

Os baixos níveis de potássio ou magnésio no sangue também podem aumentar o risco de prolongamento do intervalo QT. Este risco pode aumentar caso use certos medicamentos (como diuréticos) ou se tiver problemas como sudorese grave, diarreia ou vômitos. Converse com seu médico sobre o uso de Trazodona com segurança.

Antes de fazer uma cirurgia, informe à seu médico ou dentista sobre todos os produtos usados (incluindo medicamentos prescritos, sem receita médica e produtos fitoterápicos).

Os adultos mais velhos podem ser mais sensíveis aos efeitos colaterais desse remédio, especialmente sonolência, tontura e prolongamento do intervalo QT.

Durante a gravidez, este medicamento deve ser usado somente quando necessário. Discuta os riscos e benefícios com o seu médico.

Como problemas mentais e de humor não tratados (como depressão) podem ser um problema sério, não pare de tomar este medicamento a menos que seja orientado pelo seu médico. Caso esteja planejando engravidar ou acha que está grávida, fale imediatamente com seu médico sobre os benefícios e riscos do uso deste medicamento durante a gravidez.

Este medicamento passa para o leite materno. Consulte o seu médico antes de amamentar.

Interações:

As interações medicamentosas podem alterar a forma como seus medicamentos funcionam ou aumentam o risco de efeitos colaterais graves. Este documento não contém todas as interações medicamentosas possíveis. Mantenha uma lista de todos os produtos usados (incluindo prescrito, sem receita médica e produtos fitoterápicos) e compartilhe com seu médico e farmacêutico. Não inicie, pare ou altere a dosagem de qualquer medicamento sem a aprovação do seu médico.

Um produto que pode interagir com este remédio é: digoxina.

Tomar inibidores da monoamina oxidase com este medicamento pode causar uma interação medicamentosa grave (possivelmente fatal). Evite tomar inibidores (isocarboxazida, linezolida, azul de metileno, moclobemida, fenelzina, procarbazina, rasagilina, safinamida, selegilina, tranilcipromina) durante o tratamento com esta medicação. A maioria dos inibidores também não deve ser tomada por duas semanas antes e após o tratamento com esta medicação. Pergunte ao seu médico quando iniciar ou parar de tomar este medicamento.

Outros medicamentos podem afetar a remoção da Trazodona do seu corpo, o que pode afetar a forma como a Trazodona funciona. Exemplos incluem antifúngicos azólicos (como itraconazol, cetoconazol), inibidores da protease do HIV (como ritonavir, indinavir), antibióticos macrolídeos (como eritromicina), rifamicinas (como rifampicina), remédios usados para tratar convulsões (como a fenitoína), entre outros.

O risco de síndrome de serotonina/toxicidade aumenta caso também esteja tomando outros medicamentos que aumentam a serotonina. O risco de síndrome serotoninérgica/toxicidade pode ser mais provável quando você começa ou aumenta a dose desses medicamentos.

Informe à seu médico ou farmacêutico caso esteja tomando outros produtos que causam sonolência, incluindo álcool, maconha, anti-histamínicos (como cetirizina, difenidramina), drogas para dormir ou ansiedade (como alprazolam, diazepam, zolpidem), relaxantes musculares e analgésicos narcóticos (como codeína).

Verifique os rótulos de todos os seus medicamentos (como alergia ou produtos para tosse e resfriado), pois podem conter ingredientes que causam sonolência. Pergunte ao seu farmacêutico sobre o uso desses produtos com segurança.

Overdose de Trazodona:

Se alguém tiver uma overdose e apresentar sintomas graves, como desmaio ou dificuldade para respirar, ligue para o serviço de emergência. Os sintomas de sobredosagem podem incluir: ereção dolorosa ou prolongada, batimentos cardíacos lentos ou rápidos, sonolência invulgar, tonturas invulgares, vômitos, dificuldade em respirar e convulsões.

Notas:

Não compartilhe este medicamento com os outros.

Exames psiquiátricos e/ou médicos (e exames laboratoriais) devem ser feitos periodicamente para monitorar seu progresso e verificar os efeitos colaterais. Consulte o seu médico para mais detalhes.

Verifique a pressão arterial e pulso enquanto estiver tomando este medicamento. Discuta com seu médico sobre como monitorar sua pressão arterial e pulso.

trazadona
trazadona

Dose Perdida:

Se você perder uma dose, tome-a assim que se lembrar. Se estiver perto da hora da próxima dose, pule a dose e retome o seu esquema posológico habitual. Não duplique a dose para recuperar o atraso.

Armazenamento:

Armazene em temperatura ambiente longe de luz e umidade. Não armazene no banheiro. Mantenha todos os medicamentos fora do alcance de crianças e animais de estimação.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Brenda Lima

Me chamo Brenda Lima, formada em enfermagem pela EEFTESM do Rio de Janeiro desde 2016. Há alguns anos comecei a dedicar-me a produzir conteúdo para ajudar as pessoas que sofrem com uma diversidade de doenças que são oriundas da Má Alimentação. Acredito que o segredo da boa saúde é o equilíbrio, e através da boa alimentação é possível manter um corpo saudável e viver com melhor qualidade de vida.