Nutrientes

Vitamina B2 – o que é, fontes, benefícios e deficiência!

Por Alan Costa, em
para que serve a vitamina B2?

A vitamina B2 desempenha um papel importante ao ajudar a quebrar os nutrientes nos alimentos e ajudar a tratar enxaquecas e câncer em certos casos. Além disso, a vitamina B2 (riboflavina)é importante para o metabolismo das gorduras, dos hidratos de carbono e das proteínas. Um dos Benefício da vitamina B2 é regular a enzima da tiroide e na produção de corticosteroides. Então, confira agora tudo sobre a vitamina B2:

o que é a vitamina B2?

O que é a vitamina B2?

A vitamina B2, também conhecida como riboflavina, é uma vitamina do importantíssimo complexo B, essencial para a manutenção da saúde e do bem-estar das pessoas, pois participa de diversos processos químicos dentro do organismo.

Mas este não é o único motivo para procurar esta vitamina, uma vez que existem diversos benefícios dela para a nossa saúde.

Caso não seja consumida em doses recomendadas, tais processos podem não ocorrer de forma satisfatória e, consequentemente, o aparecimento de doenças é inevitável.

Para que serve a vitamina B2?

Assim como todas as vitaminas pertencentes ao complexo B, há diversos benefícios dela fundamentais para o bom funcionamento do corpo humano.

Ela auxilia na quebra de proteínas, gordura e carboidratos, ou seja, ajuda a transformar o alimento em energia para as atividades diárias ou físicas.

Fontes de vitamina B2:

Leite e seus derivados, carne vermelha, ovos, nozes, farinha, pães ou cereais enriquecidos, peru, peixe, vegetais verdes, aspargos, alcachofra, abacate, brócolis, feijão, feijão branco, batata doce, abóbora são as principais fontes e alimentos com ela. Então, confira agora os benefícios da vitamina B2:

para que serve a vitamina B2?

Quais os benefícios da vitamina B2?

1. Prevenir a perda de memória:

Ela é auxiliar na formação da bainha de mielina, peça fundamental em torno das fibras nervosas e permitir o fluxo de mensagens entre os neurônios.

2. Inibir danos aos nervos do pé:

A falha de comunicação entre o cérebro e os nervos é a principal responsável pela sensação de desconforto causada pela sensação de queimação.

Por isso, seu consumo é necessário para garantir que a transmissão de dados seja eficiente.

3. Prevenir a anemia:

Uma das causas da anemia é a baixa produção ou excesso de glóbulos vermelhas defeituosas, acarretando numa distribuição deficiente de nutrientes e oxigênio pelo corpo.

Veja Também: Como Combater a Anemia em Poucos Dias!

4. Inibir o câncer cervical:

A riboflavina ajuda o corpo a reagir contra as células pré-cancerígenas porque está intimamente relacionada à confecção de novas células e, consequentemente, saudáveis.

5. Acabar com a enxaqueca:

Inúmeros estudos comprovam que a enxaqueca, independente da causa do seu desencadeamento, pode ser combatida com o uso de altas doses de riboflavina sob supervisão médica.

6. Aumentar a imunidade:

A riboflavina também ajuda a aumentar a imunidade natural através do reforço das reservas de anticorpos e do reforço do sistema de defesa contra infecções

Lembre-se de ter uma dieta bem equilibrada para garantir o fornecimento de riboflavina, que precisa ser reabastecida diariamente.

7. Ajudar na produção de energia: 

Ela desempenha um papel importante na produção de energia através do apoio do metabolismo das gorduras, hidratos de carbono e proteínas.

8. Combater a catarata:

Ela é essencial para que as enzimas responsáveis pelo combate à opacidade do cristalino funcionem de maneira saudável, protegendo os nossos olhos de possíveis problemas, como a catarata.

9. Aumentar os hormônios:

A riboflavina é responsável por liberar hormônios muito importantes ao serem durante as atividades físicas, como a adrenalina, garantindo a sensação de bem estar e satisfação.

10. Combater acne:

Ela é capaz de restaurar tecidos danificados é a responsável pelo combate à acne, já que ela nada mais é do que tecidos inflamados por causa do entupimento dos poros.

quais os benefícios da vitamina B2?

Outros benefícios:

  1. Manter a saúde das hemácias do sangue, que são responsáveis pelo transporte de oxigênio no corpo;
  2. Manter a saúde dos olhos e prevenir catarata;
  3. Manter a saúde da pele e da boca;
  4. Participar da produção de energia no corpo;
  5. Favorecer o crescimento e desenvolvimento, especialmente durante a infância;
  6. Atuar como antioxidantes, prevenindo doenças como câncer e aterosclerose;
  7. Manter o bom funcionamento do sistema nervoso;
  8. Diminuir a frequência e a intensidade das enxaquecas.

Sinais da deficiência da vitamina B2:

Efeitos causados pela ausência dela:

  1. Inflamações na boca (língua vermelha e feridas no canto da boca);
  2. Sensação de frio ou dor nas extremidades do corpo;
  3. Cansaço;
  4. Descamação na pele;
  5. Falta de energia;
  6. Sensibilidade visual;
  7. Anemia;
  8. Vascularização da córnea;
  9. Coceira na pele;

Apesar desses serem os sintomas de maior ocorrência por conta da falta dela, para que se identifique a ausência desse nutriente no organismo não é preciso passar por todas essas reações.

Quantidade recomendada da vitamina B2:

A quantidade recomendada de consumo dela varia de acordo com a idade e o gênero, como mostrado na tabela a seguir: Idade e Quantidade de por dia:

  1. 1 a 3 anos – 0,5 mg
  2. 4 a 8 anos – 0,6 mg
  3. 9 a 13 anos – 0,9 mg
  4. Meninas de 14 a 18 anos – 1,0 mg
  5. Homens de 14 anos ou mais – 1,3 mg
  6. Mulheres de 19 anos ou mais – 1,1 mg
  7. Mulheres grávidas – 1,4 mg
  8. Mulheres que amamentam – 1,6 mg

A falta desta vitamina pode causar problemas como cansaço frequente e feridas na boca, sendo mais comum em pessoas que fazem dietas vegetarianas sem a inclusão de leite e ovos no cardápio.

Sair da versão mobile