Nutrientes

Aminoácidos: o que é, benefícios e malefícios

aminoacidos-beneficios

aminoácido é compostos de átomos de carbono, oxigênio, hidrogênio e nitrogênio. O corpo humano precisa de 20 tipos de  diferentes para funcionar corretamente e, para formar as proteínas, o ele é unidos através de ligações peptídicas. Além disso, as proteínas são fundamentais para ganhar massa muscular e também parar restaurar os músculos. Sendo assim, quem pratica exercício físico precisa do aminoácido, tanto os essenciais como ou os não essenciais.

benefícios dos aminoácidos

O que é aminoácidos?

Os aminoácidos nada mais são do que monômeros (composto constituído de moléculas capazes de se combinarem entre si para formarem polímeros) que constituem proteínas.  De forma mais simplificado, podemos definir que são pequenos pedaços de proteínas, mas que quando unidos formam uma grande proteína que desempenha funções específicas.

Existem diferentes tipos de aminoácidos, que em diferentes situações desempenham diversas funções, como recuperação de tecido muscular até bom funcionamento do sistema imunológico.

Os nove aminoácido essenciais incluem: Histidina (crianças), Lisina, Leucina, Metionina, Isoleucina, Fenilalanina, Treonina, Triptofano e Valina. Os de cadeia ramificada são três deste grupo, incluindo a Leucina, a Isoleucina e a Valina.

Principais alimentos ricos em aminoácidos:

Fornecer aminoácido ao nosso corpo é muito importante, tanto antes como depois do treinamento físico, porque eles cumprem a função de produzir proteínas e energia para que os músculos se recuperem corretamente após o esforço, entre outras coisas.

  • Ovos;
  • Carne de Bovino;
  • Atum;
  • Soja;
  • Salmão;
  • Sardinhas;
  • Camarões;
  • Vieiras;

Benéficos dos aminoácidos para saúde:

1. Fortalece unhas, cabelos e pele:

A metionina fortalece o cabelo, unhas e peles de quem a ingere em níveis corretos. Além disso esse aminoácidos é benéfico para a degradação de gorduras, evitando acumulo em fígado, veias e artérias. O que proporciona um melhor funcionamento do coração, rins e cérebro.

2. Regeneração de tecidos:

Muitos praticantes de atividades se submetem a grandes esforços que acabam por lesionar tecidos corporais, como a musculatura e os tendões. A valina é um potente reconstrutor muscular capaz de regenerar esse tipo de tecido.

3. Mantém o organismo estabilização:

Para um bom funcionamento, o organismo precisa estar estabilizado. A isoleucina, entre outros aminoácidos, é capaz de estabilizar os níveis de colesterol e glicose, algo fundamental para a produção de hormônios e também da hemoglobina – responsável por carregar oxigênio por todo organismo.

4. Manutenção de funções corpóreas básicas:

Para funcionar corretamente o organismo necessita que glândulas, vasos e órgãos estejam trabalhando em harmonia. A fenilalanina, por exemplo, auxilia no funcionamento da tireoide (glandula secretora de hormônios que contribuem para o bom funcionamento harmonioso de todo o organismo) além de manter a elasticidade dos vasos sanguíneos.

5. Crescimento e desenvolvimento tecidual:

Durante a fase de crescimento são formados tecidos ósseos, musculares e cartilaginosos. O aminoácido treoninia, histidina e argininina são responsáveis por essa formação de novos tecidos, que tem início ainda quando somos bebês e nos acompanhará por toda a vida.

aminoácidos

6. Alivia estresse:

Atualmente as pessoas vivem estressadas e com elevadas taxas de cortisol, o hormônio do estresse. Sendo assim, a ingestão adequada do triptofano é capaz de proporcionar uma sensação de tranquilidade e calma, aliviando o estresse e trazendo benefícios a todo organismo. Veja Também: Receita Caseira Para Reduzir o Estresse Rapidamente

7. Diminuir a dor muscular:

Mas espere, há mais! O dano reduzido e a recuperação melhorada também foram mostrados para limitar a dor que geralmente se instala após um exercício intenso.

8. Aumentar o foco mental:

Ao manter o monstro de triptofano afastado, os suplementos deste composto melhoram suas habilidades de processamento e memória de curto prazo. Durante competições – especialmente aquelas que duram várias horas – essa pode ser a chave para a vitória.

9. Queima de gordura:

Então, como você acha que os aminoácidos protegem o glicogênio desses atletas? Ao queimar gordura, em vez disso. Para aqueles que tentam perder um pouco de gordura corporal ou treinadores de atletas com uma dieta baixa em carboidratos. Então, os aminoácidos ajudarão seu corpo a mudar a dependência de gordura por combustível. Veja Também: Suco Detox de Canela Para Queimar Gordura Abdominal

10. Reduz a fadiga:

Relacionada com as descobertas acima mencionadas, o aminoácido demonstra a capacidade de evitar a fadiga mental que às vezes acompanha exercícios longos. Principalmente, isso ocorre porque a relação entre baixos BCAAs e triptofano.

Normalmente, quando seus níveis caem, seu corpo produz mais triptofano, que então se torna serotonina em seu cérebro e leva a sentimentos de cansaço e fadiga mental. O suplementos impedem esse processo.

Sinais de deficiência de aminoácidos:

Embora a causa principal de uma deficiência em aminoácidos seja uma alimentação errada (particularmente uma dieta pobre em proteínas),  podem também ser afetados por infecções, traumas, stress, medicação, idade e desequilíbrios químicos do organismo.

Fazendo uma análise de sangue para determinar se sofre de deficiência de aminoácidos. Os suplementos podem compensar essa deficiência, e podem igualmente tomar-se como terapêutica para aliviar muitos outros problemas de saúde.

Malefícios dos aminoácidos:

Assim como outros suplementos, os aminoácidos podem vir acompanhados de efeitos colaterais. Da mesma forma que cada tipo de  tem seus benefícios e funções especificas, os efeitos colaterais também podem variar de acordo com o tipo ingerido.

O BCAA, por exemplo, tem como efeito colateral náusea, dor (mal estar) e dores de cabeça. Além disso, ele também pode interferir nos níveis de glicose do sangue, mas em apenas em determinados casos. Se o aminoácido BCCA foi ingerido junto com outros medicamentos, como para diabetes, podem causar outros problemas e/ou prejudicar os efeitos do mesmo.

De um modo geral, os aminoácidos podem causar inquietação, ansiedade, agitação e até mesmo taquicardia. Os efeitos colaterais costumam aparecer em casos de superdosagem ou quando o suplemento é consumido junto com outros remédios. Por esse motivo é fundamental o acompanhamento médico antes de iniciar qualquer suplementação ou medicamento novo.

Sair da versão mobile