Doenças e Tratamentos

Pulpite – o que é, causas e tratamentos!

pulpite

A pulpite é uma inflamação da polpa dentária, um tecido com vários nervos e vasos sanguíneos situados no interior dos dentes que causa a dor, devido à  inflamação e infecção da polpa dentária, que pode ser muito intensa, e que costuma piorar na presença de estímulos, como mastigação ou ingestão de bebidas e alimentos quentes ou frios.

pulpite
pulpite

Quais são as causas da pulpite?

Cáries são a principal causa da Pulpite e caracterizam-se pela infecção por bactérias que destroem os tecidos do dente, podendo atingir até as partes mais profundas e chegar à polpa. Veja como identificar e tratar a cárie dentária;

  • Pancada no dente, devido a quedas ou acidentes, por exemplo;
  • Agressões por produtos químicos, como ácidos, ou mudanças bruscas de temperatura;
  • Bruxismo, que é o ato inconsciente de apertar ou ranger os dentes, principalmente durante o sono, que causa um desgaste e traumatismos no dente;
  • Mastigação incorreta, que provoca pequenos traumatismos na mandíbula e dentes;
  • Periodontite, quando não é tratada e se torna avançada a ponto de chegar à raíz do dente;
  • Quimioterapia ou radioterapia, que também podem estimular lesões nos tecidos dos dentes;
  • Essas situações provocam a agressão e inflamação das raízes nervosas e vasos sanguíneos que formam a polpa do dente, sendo responsáveis pela Pulpite.

Qual é o sintoma da pulpite?

O individuo com pulpite geralmente sente dor com bebidas ou alimentos quentes e/ou frios, e ao mastigar alimentos mais duros.

Qual é o diagnóstico da pulpite?

Para diagnosticar a esta inflamação existem os testes de vitalidade pulpar. Além disso, normalmente feito com um estímulo frio. A estimulação pode ser feita também com calor, corrente elétrica e ou pequenas pancadas. Portanto, a dor pode durar alguns segundos, alguns minutos ou o dente pode não responder, determinando o diagnóstico.

Qual é o tratamento para pulpite?

A pulpite reversível, geralmente, é detectada em casos de inflamação mais inicial, e é tratada com a remoção da situação irritativa. Assim, se for causada por uma cárie, por exemplo, a solução pode ser a restauração do dente, ou, em casos de pancada, a realização de repouso e uso de anti-inflamatórios.

Já, para tratar a pulpite irreversível, é feito um procedimento chamado endodontia, pulpectomia ou desvitalização do dente, que se caracteriza pela retirada da polpa do dente, e substituição pela obturação, através de um tratamento de canal. Em último caso, quando nenhuma das alternativas anteriores é suficiente, pode ser realizada a extração do dente, também chamada de exodontia.

Além disso, quando ela é purulenta ou apresenta sinais de infecção, o dentista irá orientar o uso de um antibiótico, como Amoxicilina ou Ampicilina, por exemplo, e também poderá prescrever medicamentos para alívio da dor, como um analgésico ou anti-inflamatório do tipo Dipirona ou Ibuprofeno.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Deixe um comentário