Placenta Prévia – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Cura Natural

Placenta Prévia – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos
4.3 (85%) 4 vote[s]

Placenta Prévia – O que é, Causas e Tratamentos que você deve conhecer. Além disso, a placenta é uma estrutura que se desenvolve dentro do útero durante a gravidez, proporcionando oxigênio e nutrição e removendo resíduos do seu bebê. A placenta se conecta ao seu bebê através do cordão umbilical. Na maioria dospartos, a placenta se liga no topo ou no lado do útero.

Placenta Prévia (ocorre quando a placenta do bebê cobre parcialmente ou totalmente o colo do útero da mãe – a saída para o útero. A Placenta Prévia pode causar sangramento grave durante a gravidez e parto.

Se você tem Placenta Prévia, você poderá sangrar durante a gravidez e durante a sua parto. O seu médico recomendará evitar atividades que possam causar contrações, inclusive ter relações sexuais, duches, usar tampões ou participar de atividades que possam aumentar seu risco de sangramento, como corrida, agachamento e salto.

Causas de Placenta Prévia:

As causas e os fatores de risco para a Placenta Prévia são:

  • O ovo fertilizado implantado muito baixo no útero, fazendo com que a placenta se forme perto ou sobre a abertura cervical;
  • O revestimento do útero ( endométrio ) possui anormalidades como fibromas ou cicatrizes (prévia anterior, incisões, cesariana ou abortos);
  • A placenta formada anormalmente;
  • A gravidez é múltipla (ou seja, gêmeos ou tríplices). As chances de desenvolver Placenta Prévia são duplicadas para essa gravidez.

Sintomas de Placenta Prévia:

É possível que você não saiba que você tem Placenta Prévia até seu médico encontrá-lo durante uma rotina de ultra-som.

O sinal mais comum é o sangramento vermelho brilhante da vagina durante a segunda metade da gravidez. Pode variar de leve a pesada, e muitas vezes é indolor. Mas algumas mulheres também têm contrações com o sangramento.

Tratamentos Para Placenta Prévia:

O tratamento da Placenta Prévia depende da extensão e gravidade do sangramento, da idade gestacional e da condição do feto, da posição da placenta e do feto e se o sangramento parou.

Um parto por cesárea geralmente é planejado para mulheres com Placenta Prévia assim que o bebê pode ser entregue de forma segura (tipicamente após 36 semanas de gestação), embora uma cesariana de emergência em qualquer idade gestacional anterior seja necessária para sangramento intenso que não pode ser interrompido após tratamento no hospital.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Alan Costa

Sou nutricionista e Personal Trainer. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2002, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *