Luxação – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Tudo Sobre Luxação – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos!

Luxação – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos
4.8 (95.24%) 21 votes

Luxação – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos mais indicados para lidar com este tipo de condição. Além disso, a luxação é um tipo de trauma que atinge os ossos nas articulações, quando ela ocorre, sente-se dor intensa no local atingido, impossibilidade de movimentação da articulação afetada, deformação do local com inchaços. Assim que constatada é necessário imobilizar o local com uma tala ou tipoia.

As luxações podem ocorrer apenas nas articulações. Ela é uma lesão que faz com que as extremidades dos seus ossos não se posicionem dentro de uma articulação. Em termos médicos, é definida como perda do contato articular, isto é, a separação de dois ossos que costumam estar interligados através da cartilagem.

O que é Luxação:

A luxação se caracteriza pelo deslocamento repentino das extremidades dos ossos de uma articulação, seja esse deslocamento parcial ou completo. Em outras palavras, isso significa que um osso se separa do outro, sendo que eles deveriam estar unidos.

luxacao tratamentos

Além de ser um problema por si só, ela pode causar problemas secundários, já que o deslocamento dos ossos pode provocar lesões externas, como nos músculos, vasos sanguíneos e especialmente nos ligamentos. Os locais onde os ossos mais têm tendência em sofrer uma luxação são: ombros, joelhos, quadril, cotovelos, dedos das mãos e punho, pois são mais propensos a receber uma pancada forte.

É bom também ressaltar que ela é bem diferente da fissura e da fratura. A fissura é quando osso sofre uma pequena lesão, abrindo uma fissura. Já a fratura é quando o osso se rompe totalmente. Mas há casos onde o osso pode sofrer uma luxação e ao mesmo tempo uma fratura ou fissura.

Causas da Luxação:

Na maioria das vezes, ela é provocada por um traumatismo violento incidindo sobre a articulação. O traumatismo pode também incidir indiretamente como acontece, por exemplo, em caso de luxações da articulação do ombro provocada por uma queda em que o indivíduo se apoia sobre o cotovelo ou a mão.

Ela pode resultar de um movimento ou torção violento, súbito e intenso como quando uma criança caminha de mão dada com um adulto e tropeça. Em alguns casos, a luxação é originada pela deterioração dos elementos de sustentação da articulação (ligamentos, cápsula articular, tendões e músculos), consequente de uma doença ou de uma malformação congênita.

Tipos de Luxação:

Ela pode ocorrer em dois tipos: completa ou incompleta.

Luxação Completa: É aquela em que os ossos que constituem uma articulação se desunem por completo.

Luxação Incompleta: Também chamada de sub-luxação, é o deslocamento de ossos que ocorre de forma reduzida, onde os ossos não se separam completamente.

Sintomas da Luxação:

Ela é facilmente observada, pois a região costuma ficar inchada e com aspecto machucado. Além disso, a área afetada pode ficar vermelha ou apresentar tons diferentes dos da pele. Outro indício é a deformação do local.

Assim, os sintomas observados normalmente são:

  • Sensação de formigamento na região;
  • Restrição ou perda de movimento;
  • Deformação e/ou inchaço no local;
  • Entorpecimento ao redor do local;
  • Descoloração na região afetada;
  • Dor durante o movimento.

luxacao

Tratamentos da Luxação:

O tratamento de deslocamento pode incluir o reposicionamento do osso na articulação, uma receita para analgésicos ou anti-inflamatórios, uma tipoia, órtese ou uma tala e possível tratamento de reabilitação. Se ela for grave, pode demorar mais do que as duas ou três semanas habituais para retornar ao movimento completo.

Depois de ”deslocar” um osso, no entanto, tenha cuidado, pois esse osso é mais propenso a deslocamentos no futuro. Muitos atletas que deslocam joelhos ou tornozelos podem usar suportes especiais ou faixas elásticas no futuro para evitar recidivas.

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mastoidite – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Cancro do Estomago

Cancro do Estômago – O que é, Causas, Sintomas e Tratamento