Heterocromia – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Bioquímica Farmacêutica pela USP

Especialista do Cura Natural

Heterocromia – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos
4.6 (91.43%) 7 vote[s]

Heterocromia – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos nesse artigo, você vai tirar todas suas dúvidas sobre essa doença. Além disso, heterocromia é uma anomalia genética que é caracterizada pela alteração na cor dos olhos de alguns mamíferos, fazendo com que cada olho tenha uma cor diferente.

Também conhecida ocular, esta anomalia acontece diretamente na quantidade de melanina presenta na íris, tecido responsável por dar a cor aos olhos. A heterocromia é comum principalmente em gatos e cães, no entanto estima-se que seis a cada mil pessoas também apresentem algum nível desta anomalia genética.

heterocromia

As pessoas que nascem com essa anomalia devem ser submetidas a testes médicos para eliminar a hipótese de existirem outras doenças congênitas relacionadas a anomalia na cor dos olhos. Quando se apresenta apenas como uma alteração genética, normalmente, as pessoas utilizam lentes de contato para esconder as alterações na pigmentação da íris.

O que é Heterocromia?

A heterocromia, é uma anomalia genética que pode ser hereditária, associada ou não a uma síndrome crônica, ou gerada por doenças adquiridas ao longo dos anos.

É caracterizada pela alteração da cor dos olhos dos mamíferos, fazendo com que a cor de um olho seja distinta do outro. A doença é comum em animais, principalmente cães e gatos, e rara em humanos, atingindo somente uma estimativa de 6 indivíduos a cada 1.000 pessoas.

Causas da Heterocromia:

No caso de ser congênita, significa que provavelmente o indivíduo nasceu com uma alteração genética que modificou a tonalidade da íris. Porém, pode ser que a diferenciação entre a cor dos olhos possa ser a consequência de outros problemas congênitos.

Como a Síndrome de Waardenburg e a Síndrome de Horner. No caso de a heterocromia ser adquirida, significa que surgiu a partir de uma doença adquirida após o nascimento, como por exemplo:

  • Glaucoma;
  • Irite (inflamação da íris);
  • Sangramento da írirs (provocado por traumas);
  • Melanoma na íris;
  • Neurofibrimatose;
  • Diabetes.

Sintomas da Heterocromia:

Se manifesta pela alteração da coloração dos olhos. Quando se é portador desde a nascença, especialmente se for herança genética dos pais, a doença é benigna e não causa nenhum transtorno ocular ou perda de visão, por isso o único sintoma experimentado são as cores dos olhos distintos um do outro.

A heterocromia pode se apresentar como o sintoma de algum outro distúrbio, associado a outros efeitos causados pela doença que originou o problema.

heterocromia o que e

Heterocromia tem Cura?

Quando congênita, não há cura ou tratamento específico para essa anomalia. Caso seja de interesse do paciente, lentes de contato podem ser usadas para igualar as cores dos olhos, desde que sejam indicadas pelo médico oftalmologista.

Tratamento da Heterocromia:

O tratamento somente será necessário caso seja efeito de alguma outra doença. Nesse caso, os procedimentos e medicamentos serão indicados de acordo com as causas.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Byanca Stefany

Sou graduada em Ciências Farmaceuticas pela Universidade Federal do Piaui (UFPI), com pós graduação em Fármaco e Medicamentos pela Universidade de São Paulo (USP) mestrado também pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Tecnologia Bioquímica Farmacêutica e Doutoranda pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Farmácia Fisiopatologista e Toxicologia. Atualmente Trabalho na área de Análise Clinicas, e tambèm atuo no Instituto de Pesquisa de Ciência, tecnologia e Qualidade (ICTQ) e exerço a função de Editor no site "Dicas de Saúde".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *