Chá de Amargosa – O Que é, Benefícios e Como Usar

Revisado por

Graduado em Ciências da Nutrição!

Especialista do Cura Natural

Chá de Amargosa – O Que é, Benefícios e Como Usar
4.4 (88%) 5 vote[s]

Chá de Amargosa – O Que é, Benefícios e Como Usar todos os seus beneficios para tratar varias doenças. Alem disso, ela é uma planta da família das Asteraceae, bem comum nos estados do Espírito Santos, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

cha de amargosa

Ela pode proporcionar uma série de benefícios para saúde, no que diz respeito ao tratamento de algumas doenças.

Dependendo da localidade, a amargosa pode ser conhecida também pelos nomes de bacanta, bacárida, cacália-amarga, cacliadoce, carqueja amara, carqueja-do-mato, carquejinha, chinchimani, chirca melosa, condamina, cuchi-cuchi, quimsa-kuchu e quinsu-cucho.

Benefícios do Chá de Amargosa:

A planta é usada para tratar diversos problemas de saúde. Isso porque ela contém substâncias anti-helmíntica, depurativa, que auxilia na digestão, diuréticas, estimulante estomacal, hepatoprotetora e hepática. Porém, antes de fazer uso dessas propriedades, é importante que o médico seja consultado.

A planta pode tratar doenças como afecções hepáticas e da garganta, aftas, anemia, circulação do sangue, faringite, febre, fígado, fraqueza orgânica, baço, cálculo biliar, diarreia, diabete, gota, icterícia, inapetência, inflamação das vias urinárias, intestino, má digestão, pâncreas e reumatismo.

A planta também pode ser usada para auxiliar no processo de emagrecimento. Mas, tome cuidado! Como foi dito anteriormente, só o médico pode traçar a melhor forma de utilizá-la.

Receita do Chá de Amargosa:

Para preparar o chá da planta, basta reservar o equivalente a uma xícara (de chá) de água, ou 200 ml, e uma colher (de chá) de amargosa.

Coloque a água para ferver. Assim que estiver em ebulição, adicione a planta e espere ferver por mais cinco minutos, antes de desligar o fogo.

Depois, é só deixar o recipiente com o chá tampado por mais 10 minutos. Antes de ingerir use uma peneira para retirar a planta. A quantidade indicada para ingestão diária é de duas xícaras.

Contraindicações:

O consumo da planta deve ser evitado por gestantes e mulheres que estejam amamentando. Também é bom ficar de olho na ingestão em excesso, já que pode ser prejudicial para a saúde.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Rafael Cardoso

Com mais de 5 anos de experiência, Rafael Almeida é Graduado em Ciências da Nutrição pela Universidade Ceuma desde 2012. Atua em Atendimento Clínico-Nutricional, com foco no bem estar e qualidade de vida do paciente, através da reeducação alimentar e acompanhamento nutricional, com planos alimentares personalizados, de acordo com o objetivo e avaliação clínica individual, comprometido com o sucesso do tratamento de seus pacientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *